A startup britânica Arrival está focada na criação de ônibus e vans elétricas, especialmente para empresas de logística. 

O modelo de negócios prevê a construção de microfábricas de 2.000 metros quadrados em diferentes lugares, com linhas de produção especializadas para o mercado local. Já há duas fábricas no Reino Unido e outras duas nos EUA. Cada microfábrica deve produzir cerca de 10 mil veículos por ano.

Para fazer isso, afirmam que os veículos vão ser bem mais leves devido a uma agressiva redução de peso de chassi de alumínio e painéis de carrocerias feitos de compostos únicos. Os automóveis a bateria oferecem custos de combustível e manutenção bem mais baixos. 

De acordo com o analista de ações da Morgan Stanley, Adam Jonas, essa substituição dos veículos movidos a carbono por modelos elétricos também é uma grande oportunidade de receita, que pode totalizar US$ 22 trilhões nas próximas décadas.

Enquanto o Tesla se concentra em vendas para o consumidor, para a Arrival, as frotas comerciais e de trânsito são mais atraentes, já que a empresa pode instalar, facilmente, postos de abastecimento e recarga centralizados.

Os ônibus, assim como as vans elétricas, possuem um interior semelhante a um vagão de metrô moderno, com estilo limpo e geométrico, o que enfatiza que são veículos do século 21.

O alcance do ônibus chega até 500 km e o da van por carga é de mais 300 km. Os ônibus ainda possuem a vantagem de pesar apenas 16 toneladas, quando carregados com passageiros.

A empresa não anunciou o preço, mas, de acordo com a Autoridade de Transporte Metropolitano do Condado de Los Angeles, os ônibus elétricos vão custar cerca de US$ 800 mil ou mais.

Em sua montagem, ao invés de estampar metal para o chassi, a Arrival conecta as peças de alumínio extrudado, formadas pela injeção de metal em tintas. A startup também reduziu o número de componentes do chassi necessários para uma montagem mais fácil. Os painéis compostos da carroceria são unidos com adesivos de alta tecnologia, como ocorre na indústria aeroespacial, e não soldagem. Os veículos são coloridos com tintas e envoltórios externos, portanto, estações de pintura de milhões de dólares não são necessárias. As fábricas de automóveis padrão empregam milhares de trabalhadores de montagem. 

Os veículos elétricos estão no mercado há uma década, mas continuam sendo um nicho porque custam muito caro. Denis Sverdlov, dono da startup, diz que a Arrival vai mudar isso. “É possível fazer um produto verde e que ofereça todos os benefícios necessários, sem precisar pagar mais”. 

O futuro do transporte nos espera! Enquanto essa tecnologia não chega em nosso país, vamos oferecer um serviço de qualidade para nossa população, não é mesmo? Qualidade você encontra aqui, no Grupo Incavel. Nós garantimos excelência em nossas peças! Venha conferir, faça já seu orçamento!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate
Abrir conversa
Olá! Em que podemos ajudar?
Olá! Em que podemos ajudar?