É difícil imaginar a vida na cidade sem o transporte público, mas para chegar ao que conhecemos hoje, houve uma grande evolução do ônibus. Essas mudanças acompanharam, claro, as mudanças urbanas, com as novas demandas e inovações tecnológicas. 

Por isso, preparamos para você uma linha do tempo com os principais acontecimentos na história do ônibus até a chegada dele ao Brasil. Uma pequena viagem no tempo para resgatar a importância do tema:

1662

Surgimento do transporte público

Nessa época, na França, o matemático, físico e inventor Blaise Pascal inaugurou um serviço público com itinerário, horários e preços fixos para o deslocamento de pessoas em carruagens de oito lugares puxadas a cavalo.

1826

Origem da palavra ônibus

A ideia se espalhou na França, inclusive em Nantes, onde uma casa de banho ia mal por sua localização afastada da cidade. Por isso, o dono resolveu criar um serviço de transporte que levasse os clientes até lá, partindo de uma loja de chapéus chamada Omnes Omnibus, do latim, tudo para todos, cunhando a palavra ônibus.

1875

Maior ônibus puxado a cavalo

Em Nova Iorque, EUA, a John Stephenson Company, construiu o maior ônibus puxado a cavalo que se tem notícia, com capacidade para 120 passageiros.

1830

Carruagem movida a vapor

O provável primeiro ônibus motorizado foi obra do inventor britânico Sir Goldorthy Gurney, que deu vida a uma carruagem movida a vapor.

1895

Ônibus a gasolina

O surgimento do primeiro ônibus a gasolina veio do alemão Karl Benz, que criou uma nova demanda: a busca por maior capacidade de passageiros. Uma das soluções encontradas foi instalar o motor, que ocupava espaço dianteiro, sob o assento do motorista. Uma ideia que correu o mundo e estabelece os primórdios do chassi com motor dianteiro.

1908

Primeiro ônibus a gasolina no Brasil

Sabe-se que a primeira viagem do veículo se deu entre a Praça Mauá e a Praia Vermelha, e o seu lançamento se deu em alusão das comemorações dos 100 anos da abertura dos Portos por D. João VI. A prefeitura na época concedeu uma licença provisória para circulação do veículo que levava poucos passageiros.

Depois disso, muita história se passou até chegar na popularização dos ônibus, impulsionando o mercado para produtos específicos para a melhoria do serviço. Inclusive chegar ao maior ônibus do mundo, que é brasileiro. Não sabia? Confere aqui!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Traduzir
×